Grupo de Referência de Marília tocará na Mostra Internacional de Teatro do município


GR de Marília. home

O Grupo de Referência de Marília – Percussão (foto) participará da II Mostra Internacional de Teatro de Marília. A apresentação será realizada no Teatro Waldir Silveira Mello, localizado na região central do município, no dia 31 de agosto, às 19h.

O evento, que reúne grupos do Chile, Argentina, Peru, México, Bolívia, Uruguai e Brasil, é gratuito e aberto ao público.

O conjunto é um dos 13 grupos musicais formados por adolescentes e jovens em estágio avançado de aprendizagem do Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Acompanhados por Jorge da Silva, educador de percussão do Polo Regional de Marília, os alunos apresentarão um repertório composto por canções como Tico Tico no Fubá, de Zequinha de Abreu; Batuque, de Lorenzo Fernandes; Baião, de Ney Rosauro; e Collisions, de Jared Spears.

“Participar da mostra serve como um meio de referência e inspiração para os nossos alunos por conta dessa diversidade de países e culturas que integram o espetáculo. Com isso, pode contribuir e inspirar a musicalidade de percussão desses jovens”, descreve Lilian Hirata, gerente do Projeto Guri na região de Marília.

A II Mostra Internacional de Teatro de Marília faz parte de uma parceria entre a Cia. Corpus de Teatro e as secretarias Municipal de Cultura e Turismo e Desenvolvimento Econômico.

Serviço

II Mostra Internacional de Teatro de Marília
Data: 31 de agosto
Horário: às 19h
Local: Teatro Municipal Waldir Silveira de Mello
Endereço: Av. Rio Branco, s/nº, Centro – Marília/SP

Entrada: Gratuita. Retirada de ingressos com 1 (uma) hora de antecedência na bilheteria do Teatro.

Sobre o Grupo de Referência de Marília – Percussão
O conjunto executa desde peças clássicas para a formação camerística de grupo de percussão até improvisos calcados em ritmos brasileiros e latinos, apresentando a enorme riqueza do universo da percussão. O Grupo recebeu a orientação de importantes percussionistas como Santiago Vazquez (Argentina, 2012), Eduardo Gianesella (2013), Percussion de Tournai (Bélgica, 2014) e Ignácio Bori Garcia (2015). Em 2015, o grupo dividiu o palco com o Groupe Percussions de Tournai, na Bélgica. Em janeiro de 2017, o conjunto tocou no Teatro Castro Alves, em Salvador, durante o PercPan – maior festival de percussão do Brasil.

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Amigos do Guri: CTG Brasil; VISA; Bayer; WestRock;  Microsoft; VALGROUP; Supermercados Tauste; Novelis; Caterpillar; EMS; Capuani do Brasil; Pinheiro Neto; Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn; Grupo Maringá; AES Tietê; Faber Castell; Distribuidora Ikeda, ASTA; Mercedez-Benz; Supermercados Rondon; Castelo Alimentos; Raízen; Arteris; GRUPO GR; Pirelli; Tereos.

Parceiro local: Prefeitura Municipal de Marília.

Sobre o Projeto Guri
Mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Amigos do Guri, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 770 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Sobre a Amigos do Guri
Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Amigos do Guri administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Amigos do Guri, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: www.projetoguri.org.br/faca-sua-doacao.