Grupo de Referência do Projeto Guri em Franca toca em Morro Agudo


GR Franca O Grupo de Referência de Franca – Camerata de Cordas Dedilhadas apresenta-se na Praça Central de Morro Agudo/SP, no dia 06 de dezembro, às 19h30. A apresentação é gratuita e aberta ao público. O Grupo é um dos 13 conjuntos formados por adolescentes e jovens, em estágio avançado de aprendizagem, do Projeto Guri maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Os conjuntos são orquestras, cameratas, bandas e coros, entre outras formações musicais que servem de modelo e incentivo para todos os alunos do programa. Na ocasião, 20 jovens dos naipes de cavaco, viola e violão, acompanhados pelo regente Marcílio Lopes, apresentarão um repertório composto pelas seguintes canções: Marinheiro Só, de Domínio Público; O Trenzinho do Caipira, de Heitor V. Lobos; Assanhado, de Jacob do Bandolim; Escravos de Jó, de Milton Nascimento; Pablo nº 2, de Milton Nascimento; Barra do Ribeiro, de Guinha Ramirez e Por Una Cabeza, de Carlos Gardel.

Sobre o Grupo de Referência de Franca – Camerata de Cordas Dedilhadas O grupo foi criado em 2012 com a proposta de unir violão, cavaco e viola caipira. Em 2013, a camerata foi escolhida para constituir a “Orquestra Verde” do Guri, com instrumentos da Oficina Escola de Lutheria da Amazônia (OELA), com madeira maciça certificada pela Forest Stewardship Council (FSC). No mesmo ano, atuou com o violonista Alessandro Penezzi. Em 2014 integrou o espetáculo Lendas Amazônicas, com diversas apresentações em São Paulo e gravação de DVD.  O grupo tocou em 2015 no festival “Gente da Terra”, apresentado por Rolando Boldrin. Em 2017 dividiu o palco com Carlinhos Antunes e, em 2018, apresentou uma releitura do célebre álbum de Milton Nascimento, Milagre dos Peixes, com o violeiro Ivan Vilela.

SERVIÇO

Grupo de Referência de Franca – Camerata de Cordas Dedilhadas em Morro Agudo 

Data: 06 de dezembro

Horário: às 19h Local: Praça Municipal de Morro Agudo

Endereço: Rua Inácio Franco s/nº, Centro – Morro Agudo/SP

Entrada gratuita e aberta ao público.

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Sustenidos: CTG Brasil; VISA; Bayer; WestRock; Microsoft; VALGROUP; Supermercados Tauste; Novelis; Caterpillar; EMS; Capuani do Brasil; Pinheiro Neto; Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn; Grupo Maringá; AES Tietê; Faber Castell; Distribuidora Ikeda, ASTA; Mercedez-Benz; Supermercados Rondon; Castelo Alimentos; Raízen; Arteris; GRUPO GR; Pirelli; Tereos.

Sobre o Projeto Guri Mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Sustenidos, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 770 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Sobre a Sustenidos Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Sustenidos administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Sustenidos conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: http://www.sustenidos.org.br/pessoa-fisica/.