Ethno Brazil terá músicos de 10 nações, imersão cultural de 10 dias e show no Masp


Ethno Brazil - home 2

Festival proporcionará aos jovens selecionados uma imersão cultural, de 17 a 27 de junho, no interior do Estado de São Paulo e também na capital – com grande show no Masp

 Criado há 18 anos pela Jeunesses Musicales International (JMI), o Festival internacional Ethno Brazil realiza sua primeira edição na América Latina. O evento, organizado pela Amigos do Guri, gestora do Projeto Guri, ocorre de 17 a 27 de junho, na Fazenda Serrinha, em Bragança Paulista/SP. Durante esses dez dias, os selecionados – vindos de 10 países diferentes – irão viver uma imersão cultural.

Enquanto dividem o mesmo espaço, os músicos participantes do Ethno partilham suas músicas, tradições e culturas. Juntos, fazem workshops nos quais uns ensinam aos outros as canções tradicionais de seus países. Serão 24 jovens, de 18 a 30 anos, além do convidado colombiano Edwin Ospina. Entre eles, há representantes tão diversos quanto a violonista francesa Louise Calzada; a cantora argelina Yousara Boudah; o congolês Mabiala Nkombo, percussionista da Orquestra Mundana Refugi; Aria Rita Waengertner Pires, brasiliense especializada em música renascentista; e a mato-grossense Estela Ceregatti, vencedora do Prêmio Profissionais da Música 2018.

O acordeonista Gabriel Levy e a violonista alemã Katryn Doehner serão os líderes artísticos, que conduzirão oficinas nas quais os jovens terão a oportunidade de ensaiar, criar arranjos e se apresentar. O resultado da vivência será apresentado ao público em quatro shows pelo Estado de São Paulo: dia 22, às 19h, em Bragança Paulista; dia 24, às 10h, em São José dos Campos; dia 25, às 15h, em Taubaté e a última delas, no dia 26, às 18h, no Vão Livre do Masp, em São Paulo. Todas as apresentações são gratuitas.

Mais de 80 candidatos se inscreveram para o processo seletivo que começou no dia 6 de fevereiro. A diversidade de países, instrumentos e gêneros musicais representados foram alguns dos critérios analisados pela comissão do Ethno Brazil. Os participantes selecionados pagaram uma taxa de inscrição referente à hospedagem, alimentação e traslados por todo o período do festival.

Ethno Brazil
Quando: de 17 a 27 de junho, na Fazenda da Serrinha, em Bragança Paulista

http://www.projetoguri.org.br/ethnobrazil

Shows:

Dia 22, às 19h, no Galpão Busca Vida (Bairro da Serrinha), Bragança Paulista/SP
Dia 24, às 10h, no Parque Vicentina Aranha (R. Eng. Prudente Meireles de Morais, 302), São José dos Campos/SP
Dia 25, às 15h, no Teatro Sedes (Av. Dr. Benedito Elías de Souza, 705), Taubaté/SP
(evento exclusivo para alunos do Projeto Guri e da Rede Pública de ensino local)
Dia 26, às 18h, no Vão Livre do  Masp (Av. Paulista, 1.578), São Paulo/SP

Patrocinadores: Eaton, WestRock, Expresso Jundiaí, Grupo Maringá, Supermercados Rondon, Glovis, Supermercados Tauste, Sasazaki e Selene.

Mais informações

Ethno

O Ethno surgiu na Suécia, em 1990, com a missão de, por meio de um acampamento musical, reanimar e manter vivas as tradições culturais para as jovens gerações. Partindo de workshops e apresentações, o objetivo era promover o diálogo entre culturas, difundindo conceitos como a paz, a tolerância, o respeito, a generosidade e a compreensão entre jovens.

Em sua essência, o Ethno é uma forma democrática de aprendizagem entre pares com uma pedagogia não formal, que foi refinada ao longo dos anos.

O programa culmina em uma série de apresentações e concertos, que podem ser autônomos ou conectados a um festival maior. Os novos Ethnos de 2018 ocorreram em Nova Zelândia e Malawi e estão programados também para Argélia, Ilhas Salomão e Uganda, além do Brasil. http://www.ethno-world.org/

Jeunesses Musicales International
A Jeunesses Musicales International (JMI) é a maior ONG de música jovem do mundo, criada em Bruxelas, na Bélgica, em 1945, com a missão de “permitir que os jovens se desenvolvam por meio da música em todas as fronteiras”. Com uma vasta gama de atividades, a JMI estabeleceu quatro áreas de atividade prioritárias: Jovens Músicos, Jovens Públicos, Empoderamento Juvenil e Orquestras e Conjuntos Juvenis. http://jmi.net/about

Fazenda da Serrinha
A Serrinha é uma tradicional fazenda de café e olarias, com 120 hectares de terras localizada em Bragança Paulista – a 90 km de São Paulo – e é considerada, pelos órgãos brasileiros de preservação ambiental, como uma Reserva Particular do Patrimônio Natural. Sua paisagem é marcada pela represa do Jaguari-Jacareí e pela Serra da Mantiqueira. O espaço conta com alojamentos, restaurantes, além de instalações arquitetônicas antigas e modernas que abrigarão as atividades. Veja mais informações em: http://fazendaserrinha.com.br/

Amigos do Guri

A Amigos do Guri é uma organização social de cultura que administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo – idealizador do projeto –, a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Amigos do Guri, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: www.projetoguri.org.br/faca-sua-doacao.