Em Barretos, alunos do Projeto Guri dividem o palco com grupos folclóricos da região


Barretos - catira 1

O Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – promove a Tarde de Tradições Culturais, no dia 15 de junho, das 14h às 17h, no Teatro Jorge Andrade UNIFEB, em Barretos. O evento prevê a apresentação de alunos de Catira e coral do Polo Barretos, juntamente com o Grupo de Referência de Franca – Camerata de Cordas Dedilhadas.

Gratuita e aberto ao público, a Tarde de Tradições resgata uma manifestação histórica da região, a Catira, e trará as crianças do polo Barretos dançando a música Pagode em Brasília. Em seguida, os alunos do GR apresentarão as faixas Escravos de Jó, Pouti-Pourri de Pagodes, Qui Nem Jiló, Pedacinhos do Céu, A Chamada e Pablo.

Com o objetivo de integrar o Projeto Guri com outras manifestações culturais locais, a apresentação contará também com os grupos Folia de Reis Sagrada Família e Grupo Olimpiense de Danças Parafolclóricas.

Serviço: Tarde de Tradições Culturais
Quando: dia 15 de junho
Horário: das 14h às 17h
Local: Teatro Jorge Andrade UNIFEB
Endereço: Pedro Cavalini, Barretos
Entrada gratuita e aberta ao público

Grupo de Referência de Franca – Camerata de Cordas Dedilhadas
O grupo foi criado em 2012 com a proposta de unir violão, cavaco e viola caipira. Partindo de um conceito ecologicamente sustentável, em 2013, a camerata foi escolhida para constituir a “Orquestra Verde” do Guri, com instrumentos da Oficina Escola de Lutheria da Amazônia (OELA), com madeira maciça certificada pela Forest Stewardship Council (FSC), organização criada para promover o manejo florestal responsável ao redor do mundo. A camerata já tocou ao lado de Ivan Vilela e Alessandro Penezzi. Em 2014 foi escolhida para integrar o espetáculo Lendas Amazônicas, apresentado em vários espaços e gravado em DVD.

Parceiros locais: Prefeitura Municipal de Barretos.