Consciência Negra inspira as ações socieducativas do Projeto Guri neste semestre


Além de promover o acesso à música para crianças e jovens, o Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – também se preocupa com o desenvolvimento humano e social de seus alunos. Neste semestre, o Guri aborda o tema Consciência Negra por meio de uma série de ações que valorizam a cultura africana.

Uma das iniciativas surgidas nesse contexto foi o videoclipe da música Sentimento Não Tem Cor. A composição foi criada pela aluna do Polo Mirassol, Isadora Furlanetto, junto com os educadores Israel Moro, Viviane Sgotti e Diego Pinotte. Os arranjos são dos alunos Gustavo Medeiros e Celso Rocha, e dos educadores Israel Moro e Diego Pinotte. A letra fala sobre nossa formação multicultural e lembra a importância de povos de todas as cores para nossa formação cultural.

Confira o videoclipe produzido pela Diego Pinotte Produções Artísticas no link:

As ações integram as atividades socioeducativas do Guri Consciente, um programa criado em 2008. Sua intenção é estimular a reflexão de alunos e alunas para quatro temas principais: cidadania e direitos; meio ambiente e sustentabilidade; saúde; ética e diversidade. No primeiro semestre o tema foi Rock e Estatuto da Crianças e do Adolescente (para saber mais clique aqui).

Confira abaixo o resultado de algumas das ações em homenagem ao Dia da Consciência Negra:

Polo Santa Rosa do Viterbo – 15/11: Guris participam de evento no qual Leci Brandão recebeu o prêmio “Luís Gama” pelos 10 anos do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra.

 

Polo Martinópolis – 18/11:  Coral com a música “Olhos Coloridos”, roda de capoeira com jovens do Programa Espaço Cidadão e palestra sobre preconceito com a equipe de CRAS.

 

Polo Santópolis do Aguapeí – 13/11: após discussão sobre o tema, grupo fez música contra o racismo inspirada nas batidas de “Despacito”.

 

 Polo Cabreúva – 13/11: ação envolveu exposição com capas de vinil e workshop de instrumentos afro.