Grupo do Malawi já está no Brasil e ministra oficinas para educadores e Guris


O Hear Us Children, grupo do Malawi (África), chegou em São Paulo no sábado (1º/6). Após um passeio pelo Museu do Futebol, os jovens seguiram para Sorocaba, cidade em que participarão de uma série de oficinas nos próximos dias.

Veja como foi:

Por meio da dança e do canto, os jovens do Hear Us Children preservam e divulgam a cultura de Lilongue, no Malawi (África), local de origem do grupo. Os integrantes, de 16 a 25 anos, farão workshops e espetáculos, em quatro cidades.

A ação é mantida pela Music Crossroads Malawi, instituição que incentiva o potencial musical dos jovens. A vinda do Hear Us Children ao Brasil faz parte de uma parceria entre a organização internacional e a Amigos do Guri, gestora do Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado.

O musical ‘Mizimu’, que conta um pouco da história da África, será apresentado em três unidades do Sesc no Estado de São Paulo: Sorocaba (7/6), Piracicaba (13/6) e São José dos Campos (19/6). Uma apresentação especial está agenda para o dia 22/6, no Museu Afro Brasil, na capital paulista. Todos os espetáculos serão gratuitos e abertos ao público em geral.

No musical, o grupo conta a história do seu país, retratando a cultura, a beleza natural, a fauna exuberante e os resquícios deixados pela exploração europeia. Também destaca danças regionais, como mwinoghe, gwanyansa, chisamba/chingondo, kazukuta, kalumbwana, beni e ching’ande.

Em workshop, trabalhará técnicas para unir canto e movimento corporal, percussão malawiana e canções regionais. A oficina terá participação de educadores, funcionários e alunos do Projeto Guri, além de membros de outras organizações parceiras.

A Amigos do Guri proporcionará ao Hear Us Children visitas a espaços culturais e atividades de integração com seus estudantes. Durante o intercâmbio, os Guris ensinarão canções brasileiras aos integrantes do grupo, que poderão ser integradas ao repertório de apresentações.

Objetivo do intercâmbio:

• Ampliar as referências culturais dos adolescentes e jovens de ambos os programas;
• Incrementar as competências de expressão corporal dos alunos do Projeto Guri;
• Capacitar educadores para utilizar atividades de expressão corporal aliadas ao canto;
• Ampliar o conhecimento do público sobre a cultura africana, mais especificamente sobre o Malawi.

Serviço: Hear Us Children

7 de junho, às 17h – Sesc Sorocaba – Área de Convivência
R. Barão de Piratininga, 555, Jd. Faculdade, Sorocaba/SP

13 de junho, às 11h – Sesc Piracicaba – Parque Lúdico
 R. Ipiranga, 155, Centro – Piracicaba/SP

19 de junho, às 19h30 – Sesc São José dos Campos – Comedoria
Av. Dr. Adhemar de Barros, 999, Jd. São Dimas – São José dos Campos/SP

22 de junho, às 11h – Museu Afro Brasil – Parque do Ibirapuera
Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 10, Ibirapuera – São Paulo/SP

Sobre o Projeto Guri

Mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Amigos do Guri, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 770 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Serviço

Sobre a Amigos do Guri
Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Amigos do Guri administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Amigos do Guri, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: www.projetoguri.org.br/faca-sua-doacao.

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Amigos do Guri: CTG Brasil; VISA; WestRock; Bayer; Microsoft; VALGROUP; Supermercados Tauste; Novelis; Caterpillar; EMS; Capuani do Brasil; Pinheiro Neto; Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn; Grupo Maringá; AES Tietê; Faber Castell; ASTA; Mercedez-Benz; Supermercados Rondon; Castelo Alimentos; Raízen; Arteris; GRUPO GR; Tereos.