GR de Presidente Prudente e Escola de Dança Beth Libório compartilham o mesmo palco


Grupo de Referência de Presidente Prudente

Grupo de Referência de Presidente Prudente – Orquestra Sinfônica

O Grupo de Referência de Presidente Prudente – Orquestra Sinfônica apresenta-se com a Escola de Dança Beth Libório no Teatro Municipal Paulo Roberto Lisboa, no Centro Cultural Matarazzo. O evento, gratuito e aberto ao público, será realizado no dia 29 de maio, às 20h. O Grupo de Referência de Presidente Prudente é um dos 13 conjuntos musicais formados por adolescentes e jovens, em estágio avançado de aprendizagem, do Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo. É a primeira vez que a Escola de Dança Beth Libório e o Grupo se apresentam juntos. Na ocasião, os 46 alunos que integram o Grupo de Referência, acompanhados do regente Francis Auresco, apresentarão um repertório com músicas nacionais e internacionais. Entre as obras estão: Concerto em Lá Menor BWV, de J. S. Bach; Concerto em Dó Menor (mvt III), de J. Christian Bach; O Cisne, de Camille Saint Saens; Cavalgada das Valquírias, de R. Wagner; Valsa das Flores, de P. Tchaikovsky; Valsa n°2, de D. Shotakovich e Aquarela do Brasil, de Ary Barroso. “Por meio do convite realizado pelo Projeto Guri à Escola, promoveremos algo que não acontece com frequência no interior, que é a apresentação de uma orquestra tocada ao vivo durante a apresentação do balé. É um momento único”, afirma Auresco.

Escola de Dança Beth Libório

Escola de Dança Beth Libório

Serviço:  Grupo de Referência de Presidente Prudente – Orquestra Sinfônica e Escola de Dança Beth Libório Quando: 29 de maio Horário: às 20h Local: Teatro Municipal Paulo Roberto Lisboa Endereço: Rua Quintino Bocaiúva, 749, Vila Marcondes – Presidente Prudente/SP Entrada gratuita e aberta ao público. Parceiro local: Prefeitura Municipal de Presidente Prudente     Grupo de Referência de Presidente Prudente – Orquestra Sinfônica A orquestra é formada por cordas friccionadas, sopros e percussão, compondo um grupo sinfônico completo. Esta turma desenvolve um repertório que contempla peças eruditas e populares de diferentes períodos da música. Em 2012, participou de concertos com os maestros Jean Reis e Arthur Barbosa. Em 2013, o grupo apresentou-se sob a regência do uruguaio Ariel Britos. Também tocou na abertura do Festival de Inverno de Presidente Prudente (2014/2015), sob a regência do maestro André Sanches. A Escola de Dança Beth Libório A Escola de Dança Beth Libório é um estabelecimento de ensino de caráter técnico–artístico e  vem trabalhando na formação de bailarinos através de uma proposta educacional  planejada, buscando desenvolver o estudo da dança através da formação correta e consciente do movimento, incentivando a capacidade de iniciativa e autoconfiança, estimulando o trabalho em equipe, o espírito cooperativo e de sensibilidade social. Iniciou suas atividades em 1989 nas dependências da Associação Prudentina de Esportes Atléticos, onde uma de suas unidades encontra-se lá até hoje. A Escola mantém um grupo de dança amador que já participou de diversos eventos, como Festival de Dança de Joinville, Passo de Arte, Encontro Nacional de Dança (ENDA), Festival de Dança Promodança, entre outros.   Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Amigos do Guri: CTG Brasil; VISA; Bayer; WestRock;  Microsoft; VALGROUP; Supermercados Tauste; Novelis; Caterpillar; EMS; Capuani do Brasil; Pinheiro Neto; Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn; Grupo Maringá; AES Tietê; Faber Castell; Distribuidora Ikeda, ASTA; Mercedez-Benz; Supermercados Rondon; Castelo Alimentos; Raízen; Arteris; GRUPO GR; Pirelli; Tereos. Sobre o Projeto Guri Mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Amigos do Guri, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 770 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral. Sobre a Amigos do Guri Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Amigos do Guri administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Amigos do Guri, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: www.projetoguri.org.br/faca-sua-doacao.

Projeto Guri depende do apoio de pessoas como você para continuar ensinado música com excelência para gerações em formação. Junte-se a nós!