EmCena de Percussão em Marília


Na última quinta-feira, 26, o Polo Regional Marília sediou mais um EmCena do Projeto Guri – encontro musical entre diferentes polos da região, gratuito e aberto ao público. Desta vez, as turmas reunidas eram do naipe de percussão, sendo orientadas pelo supervisor educacional de percussão, Augusto Botelho Campos, e seus educadores.

“Este encontro acontece anualmente, e nosso objetivo é a troca de experiências e vivências musicais com os alunos, oportunizando momentos de execução musical com toda produção artística. Também promovemos a apreciação dos trabalhos dos colegas de outros polos, para que haja um intercâmbio natural das ideias e peculiaridades do trabalho de cada educador junto aos seus respectivos alunos”, disse Augusto.

Durante uma tarde, no Espaço Cultural Ezequiel Bambini, 100 alunos do Guri de Ribeirão do Sul, Cândido Mota, Salto Grande, Echaporã, Oriente, Bastos, Vera Cruz, Quatá e Bauru se apresentaram em formato de “Grupo de Percussão” – munidos de tambores diversos, pratos, triângulos, pandeiros, xilofone, caxixis, tamborins, agogôs, entre outros, com repertório variando entre a batucada e o performático.

Cada polo teve 10 minutos para mostrar tudo aquilo que aprendeu em sala de aula.  Ao fim, as atividades foram voltadas para peças indicadas para o trabalho ao longo do semestre, como “Ticonderoga”, do compositor Haskell W. Harr, e “Rock Trap”, de William Schinstine, quando todos juntos fizeram uma apoteose com percussão corporal.