ECA Rock: Ibirá reúne 1.000 vozes pelos direitos das crianças e adolescentes


Programa ECA Rock reuniu 25 polos do Projeto Guri, em um único espaço, na cidade de Ibirá/SP. A ação contou com cerca de 800 alunos e alunas, além das equipes dos polos, dos apoiadores e dos grupos que deram suporte à estrutura do evento. Ou seja, quase 1.000 pessoas, juntas, em uma série de ações que estimularam a reflexão e o empoderamento de alunos e alunas em defesa dos conceitos estabelecidos no Estatuto da Criança e do Adolescente.

O espaço teve stand expositivo com atividades socioeducativas realizadas anteriormente, quiosques de apoio para cada polo, almoço e lanche. Houve um momento para passagem de som, agradecimentos e apresentação da música “Tempo Perdido”. Apesar da magnitude, a instituição não teve nenhum gasto com o evento. A ação foi realizada em parceria com a prefeitura de Ibirá que ofereceu estrutura completa (banheiros, mesas, cadeiras, toalhas, refeições, sonorização, ambulância e decoração).

Essa foi a ação do Guri Consciente prevista para o primeiro semestre de 2017. O Guri Consciente surgiu em 2008, a partir da mobilização por livre e espontânea vontade de colaboradores da Amigos do Guri – gestora dos polos do Projeto Guri no litoral, interior e Fundação CASA. Como o próprio nome já diz, o projeto visa despertar a consciência da sociedade com base em quatro pilares principais: cidadania e direitos; meio ambiente e sustentabilidade; saúde; ética e diversidade.

A edição conjunta entre rock e direitos incentiva o estudo sobre a influência dos movimentos da Jovem Guarda Tropicalismo na década de 60 e 70, do punk rock, do pós-Guerra no Vietnã, da crise mundial do petróleo que conduziu à crise econômica brasileira, até as letras críticas que surgiram no cenário do rock nacional.

“O Estatuto da Criança e do Adolescente é um instrumento jurídico revolucionário no reconhecimento de crianças e adolescentes como sujeito de direitos. Ainda que enfrentemos diversos desafios para sua efetiva implementação, nosso Estatuto é reconhecido mundialmente por ser um dos mais completos e avançados instrumentos legais do mundo”, disse Francisco Rodrigues, diretor de Desenvolvimento Social da Amigos do Guri. No segundo semestre, o tema do Guri Consciente deve ser a Consciência Negra.

 

 

Fotos:

 

Confira o relato de Carina Pedro, gerente Regional de São José do Rio Preto:

“O evento que reuniu aproximadamente 1.000 participantes entre alunos, educadores, coordenadores do Projeto Guri e apoiadores locais, teve o privilégio de celebrar os direitos e deveres garantidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente bem como o Dia Mundial do Rock, através de uma exposição das ações e discussões realizadas nos Polos e encerramento com a música “Tempo Perdido” (Legião Urbana).

Em nome da AAPG externamos nossos agradecimentos ao Prefeito Edvard Colombo e toda sua equipe cujo apoio para realização do evento garantiu aos alunos do Projeto Guri essa vivência espetacular de integração e exercício da cidadania, num dia de muito conhecimento e envolvimento social. Estendemos ainda nossa gratidão aos 24 municípios parceiros da região de São José do Rio Preto que também propiciaram condições para a participação dos Polos locais.

A Regional São José do Rio Preto destaca ainda o apoio da Diretoria de Desenvolvimento Social em contribuir na formatação de atividades que estimulam e possibilitam a formação humana de crianças e adolescentes como protagonistas de suas próprias histórias.”