Coro cênico do Projeto Guri participa de Festival Internacional em Minas Gerais


Apresentação-de-abertura-Piracicaba-300x179

Um evento que reúne corais de diferentes estilos e localidades do Brasil e do mundo. Essa é a proposta do Festival Internacional de Corais, Bandas e Congados de Minas Gerais (FIC), que chega a 17ª edição, desta vez, em homenagem aos povos negros. Neste ano, o evento contará com a presença do Grupo de Referência de Piracicaba – Coro (foto) que cantará na Igreja do Rosário, no dia 21 de setembro, às 16h. A entrada é gratuita e aberta ao público.

O Grupo de Referência de Piracicaba é um dos 13 conjuntos musicais formados por adolescentes e jovens, em estágio avançado de aprendizagem, do Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Os 32 Guris do Coro de Piracicaba serão regidos pela maestrina Vanessa Rodrigues Zambão e acompanhados pelo pianista Andre Grella, educador do Projeto Guri. Para a ocasião, os jovens preparam um repertório composto pelas seguintes canções: Baiana, do Emicida; Alegria, Alegria, de Caetano Veloso; Batuque Natalino do Menino Só, de Ana Yara Campos; Roda Viva e A Banda, ambas de Chico Buarque, e Yesterday, dos Beatles.

“O FIC tem uma abrangência enorme. Nosso objetivo, ao participar do evento, é ampliar o repertório musical dos nossos alunos e, também, agregar novos conhecimentos culturais para eles”, descreve Pablo Carajol Delvage, coordenador do Projeto Guri em Piracicaba.

Antes da apresentação, os Guris realizarão uma visita a uma aldeia local com o objetivo de conhecer o cotidiano dos indígenas e vivenciar a cultura local por meio do aprendizado das danças e dos cantos. Além disso, o Grupo fará uma apresentação na aldeia.

Serviço
Grupo de Referência de Piracicaba – Coro apresenta-se no Festival Internacional de Corais, Bandas e Congados de Minas Gerais
Data: 21 de setembro
Horário: 16h
Local: Igreja do Rosário
Endereço: Praça Joaquim Amarante, s/nº, Centro – Caldas/MG
Entrada gratuita e aberta ao público.

Sobre o Grupo de Referência de Piracicaba – Coro
Com vozes juvenis masculinas e femininas, o grupo vem se aprimorando na formação e desenvolvimento de repertório diversificado, a partir de propostas de coro cênico, que inclui elementos de dança e teatro. Dentre os trabalhos realizados destaca-se a gravação em estúdio e videoclipe da música “Amor e Ijexá”, com Zeca Baleiro, em 2016; o Concerto “Sol, lá, Cidade”, com a Orquestra Sinfônica de Piracicaba – OSP, em 2017; a construção do musical “Duetos, Canções e Momentos”, em 2017; e a participação no workshop de improvisação vocal com a cantora norte americana Audrey Shakir, também em 2017. O grupo dedica-se também ao projeto de cultura local “Sons da Terra” apresentado no auditório do Masp, em junho de 2018, durante a abertura do Seminário Internacional For All, organizado pela Sustenidos em parceria Jeunesses Musicales Internacional (JMI).

Patrocinadores e apoiadores do Grupo de Referência: Caterpillar.

 

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Sustenidos: CTG Brasil; VISA; Bayer; WestRock; Microsoft; VALGROUP; Supermercados Tauste; Novelis; Caterpillar; EMS; Capuani do Brasil; Pinheiro Neto; Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn; Grupo Maringá; AES Tietê; Faber Castell; Distribuidora Ikeda, ASTA; Mercedez-Benz; Supermercados Rondon; Castelo Alimentos; Raízen; Arteris; GRUPO GR; Pirelli; Tereos. 

Sobre o Projeto Guri
Mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Sustenidos, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 770 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Sobre a Sustenidos
Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Sustenidos administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Sustenidos conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: www.projetoguri.org.br/faca-sua-doacao.