iracemapolis2

Audições de Fim de Semestre: confira o resultado!


jaguariuna (9)Todo fim de semestre os polos do Projeto Guri se organizam para mostrar às famílias e comunidades onde estão inseridos o resultado do trabalho realizado em sala de aula, como forma não só de mostrar o que é desenvolvido com os alunos, mas também de levar um pouco mais de cultura para cada um presente. Abaixo, você pode conferir um resumo do que foi este momento em mais de 15 cidades do interior e litoral do estado de São Paulo.

Em 04 de novembro, os polos de Salto e Itu se apresentaram no Teatro Anselmo Duarte – CEC, com participação de 110 alunos das turmas avançadas de violão, cavaco, percussão, canto coral, violoncelo, violino, viola e contrabaixo. No repertório, músicas de diversos gêneros. O diferencial: uma campanha para arrecadar ração de cães e gatos, que juntou mais de 80 quilos de ração, revertidos para a APAS (Associação Protetora dos Animais).

“Essas atividades são importantes pois contribuem para a motivação dos alunos, bem como para o aprimoramento do trabalho de prática de conjunto. Além da interação social, os alunos têm a oportunidade de conhecer realidades culturais e sociais diferentes, o que agrega para suas formações humanas”, disse a coordenadora do polo, Thais Conti.

No meio do mês de novembro, dia 15, foi realizada a audição do Polo Regente Feijó, no Teatro Municipal Ophelia de Godoy, que relembrou canções dos anos 80, com o “Musical Década de 80”. A apresentação contou com todos os cursos que compõe o grupo da orquestra, além dos alunos de canto coral, que fizeram coreografias enquanto soltavam a voz.

Em Tanabi, no dia 24 de novembro, quase 400 pessoas puderam apreciar as apresentações solos dos cursos de percussão e violão, além de músicas como “ O Menino da Porteira”, “Nosso Amor É Ouro” e “À Noite”, cantadas pelos alunos de canto coral. “Ao término do evento, o que marcou foi a junção de todos os alunos, de todos os cursos, para cantar a música “Jingle Bell Rock”, desejando a todos os presentes um bom natal e bom fim de ano!”, contou a coordenadora Larissa.

Dia 25 de novembro foi a vez do Polo Socorro mostrar os resultados positivos do semestre. “Os pais ficaram orgulhosos em ver o desenvolvimento e envolvimento dos alunos com as aulas e a troca com os educadores e coordenadora. Os educadores Gabriel Perre e Tiago Galdino se sentiram com o dever cumprido e felizes com o resultado. Alguns alunos nem queriam férias!”, relatou Elsa Farias, coordenadora do Polo Socorro.

Também neste dia, no CEAC (Centro de Educação, Artes e Cultura) de Iracemápolis, os alunos do Guri de violão, percussão e canto coral fizeram sua audição de encerramento. “O evento foi de suma importância, visto a necessidade de manter um bom contato e diálogo com os pais e responsáveis, sempre deixando em evidência os avanços que cada um dos alunos obtém ao longo de seu aprendizado. Para os Guris, as apresentações representam mais um obstáculo vencido, pois é por meio desta experiência que eles se tornam capazes de controlar o nervosismo e a expectativa diante de algo novo”, completou a coordenadora Ana Cláudia Jacon.

Na cidade de Lindoia, os alunos do polo do Guri emocionaram a todos os convidados no dia 26 de novembro. “Gratidão, orgulho e emoção são as palavras que definem este dia!!!”, afirmou a coordenadora Thais Maria.

Ainda neste dia, no espaço do polo de Elias Fausto (Casa da Cultura), os alunos consolidaram o trabalho do semestre em uma hora de apresentação, com músicas como “Vagalumes”, “Aonde Quer Que Eu Vá”, e trecho da “IX Sinfonia de Beethoven – Ode à Alegria”. “Agradecemos a presença de todos, familiares, amigos, bem como dos departamentos municipais, Rádio Criativa e, especialmente, o apoio da prefeitura municipal e de nossos patrocinadores: Pirelli e Deloitte. Obrigada e Boas Festas!”, finalizou Jade, coordenadora do polo.

No último dia do mês (30/11), cinco polos realizaram suas audições de fim de semestre. Em Jaguariúna, o evento ocorreu no Teatro Dona Zenaide, com participação de todos os alunos do polo. “A apresentação reuniu um público de 300 pessoas, que saiu maravilhado com nossas crianças”, relatou Maria Nivea Ferreira, coordenadora do Guri em Jaguariúna.

No município de Lavínia, a Câmara Municipal recebeu as turmas de violão, percussão e canto coral, que arrancou aplausos da plateia com um repertório bastante variado, que incluía “Asa Branca”, “Noite Feliz”, “Halleluya”, “O Anjo”, entre outras.

Alunos do polo de Pereira Barreto fizeram sua audição na Casa da Cultura “Maestro Aristeu Custódio Moreira”, munidos de violões e diversos instrumentos de percussão. No repertório, peças de Luiz Gonzaga, Maria Meron, Cristiano Araújo, Pharrell Wiliiams, John Lenon, entre outros.

Em Vinhedo, aproximadamente 90 pessoas assistiram à apresentação de 62 crianças e adolescentes do polo de ensino do Projeto Guri.

O polo de Ilha Solteira fez uma audição pedagógica especial para as crianças e adolescentes acolhidos pela ACAFISA – Associação Centro Familiar de Ilha Solteira (Casa abrigo). Neste dia foram entregues sete cadeiras e caixas lotadas de presentes, para ajudar na preparação de uma sala de estudos e aprimorar o ambiente de lazer na entidade.

No dia 01/12, o polo de Santo Antônio do Pinhal se apresentou em um espetáculo, na Inauguração do Centro de Formação Integrada do município. “Foi lindo, ainda mais pela oportunidade dessas crianças. Para eles foi tudo maravilhoso e grandioso. É muito bom poder valorizar esses pequenos que não tem tanto contato com a cultura”, disse Ellen Cursino, coordenadora do polo.

No dia seguinte, 02 de dezembro, os alunos de Ilha Solteira fizeram mais uma audição de encerramento de semestre, com o tema “A Magia do Cinema”, na Câmara Municipal. O repertório eclético relembrou trilhas sonoras de filmes que marcaram o cinema.

Ainda no dia 02, em Monte Mor, chegou a vez dos alunos do Guri mostrarem aos pais e todos os convidados o que aprenderam no semestre. “É importante que sempre haja esse tipo de apresentação, isso serve de incentivo para que eles corram atrás dos sonhos!”, alegou a coordenadora Pollyana Duarte.

Todas as turmas do Polo Sumaré, iniciantes, intermediárias e avançadas, de todos os cursos se apresentaram no Centro Cultura Central. “A audição final teve a apresentação de turma a turma, deixando claro para todos que o aprendizado acontece e os alunos evoluem com a persistência e o tempo. Os alunos se sentiram honrados em recepcionar os cerca de 350 convidados que prestigiaram nosso evento”, finalizou Renata Aoki, coordenadora do Polo Sumaré.

No dia 03 de dezembro, o polo de Serra Negra se apresentou no Mercado Cultural para pais e autoridades locais, como o prefeito e a primeira dama. Também neste dia, os alunos do Projeto Guri  de Aguaí brilharam na Câmara Municipal, abrindo as comemoração de Natal da cidade. No repertório muito eclético, músicas de Marisa Monte e temas de filmes, além de internacionais e eruditas.

Em Andradina, o Guri comemorou o fim do semestre no dia 07 de dezembro, com uma apresentação que reuniu cerca de 120 alunos das turmas de sopros, cordas friccionadas, percussão / bateria e canto coral.

A Audição do Polo Jales aconteceu em 09/12, no Teatro Municipal de Jales – Centro Cultural “Dr. Edílio Ridolfo”, com a presença de pais, autoridades e parceiros locais, como o Vice-Prefeito de Vitória Brasil. Aproximadamente 150 alunos participaram da apresentação de encerramento, dos cursos de canto coral, cordas friccionadas, sopros, percussão e bateria, além de violão.

No dia 10/12 foi realizado o “Encerramento do 2º semestre” com os alunos do Polo Piracaia. O evento aconteceu na Igreja Matriz do município e contou com a presença de 150 pessoas, entre pais, professores e autoridades locais.

Também neste dia, no polo do Guri dentro do centro da Fundação CASA de Itaquaquecetuba, o semestre foi encerrado em grande estilo, com direito a apresentação musical e distribuição de certificado. Um dos alunos emocionou a todos com seu depoimento: “Durante as aulas de canto coral das quais o grupo participou, percebemos o quanto isso nos ajudou bastante a enriquecer o nosso olhar perante a música. Descobrimos como ela é importante para nosso conhecimento, pois sentimos no dia a dia a grande influência que ela traz em nossas vidas, diante de tanta aflição. Quando estamos cantando, nos sentimos livres e, sim, podemos refletir sobre muitas coisas. Agradecemos muito a grande oportunidade que nos foi concedida e com todo carinho queremos agradecer ao Projeto Guri e os maravilhosos educadores”.

 

Confira todas as fotos destas audições em nossa página no Facebook: