Guris participam do 38º Festival Internacional de Música de Londrina


Grupo de Referência de Franca

Grupo de Referência de Franca

O 38º Festival Internacional de Música de Londrina receberá mais de 30 alunos do Projeto Guri, maior programa sociocultural brasileiro. Ao todo, 14 estudantes do Grupo de Referência de Franca – Camerata de Cordas Dedilhadas e 20 jovens dos polos Jundiaí, São José do Rio Preto, Bauru, Itaberá, Lorena, Sorocaba e Presidente Prudente participarão de workshops e de uma série de apresentações no evento realizado de 16 a 28 de julho em Londrina, Paraná.

Nos dias 18 e 19, o Grupo de Referência de Franca, formado por alunos de violão, cavaco e viola caipira, participa de espetáculo inspirado na obra O Milagre dos Peixes, do compositor Milton Nascimento. No repertório, as músicas Os Escravos de Jó; Carlos, Lúcia, Chico e Tiago; Milagre dos Peixes; A Chamada; Pablo Nº 2; Tema dos Deuses; Hoje É Dia de El-Rey e A Última Sessão de Música, com arranjos de Dino Barioni.

No dia 21 de julho, os alunos de Jundiaí, São José do Rio Preto e Presidente Prudente serão regidos pelo premiado maestro japonês Daisuke Soga. O concerto será composto pelas obras Quatro Momentos, de Ernani Aguiar; Holberg Suíte, de Edvard Grieg; e As Quatro Estações Portenhas, de Astor Piazzolla.

Alunos do Projeto Guri também participarão da ópera Carmen, de Bizet, que será apresentada nos dias 27 e 28 de julho, às 20h30, no Teatro Ouro Verde (R$ 40 + Taxa de serviços DiskIngressos)

Confira a programação das apresentações:

Dia: 18 de julho
Horário: às 19h
Local:
Centro Cultural SESI
Endereço: R. Maestro Egídio Camargo Amaral, 130 – Londrina/PR
Entrada: gratuita
Classificação: livre

Dia: 19 de julho
Horário: às 19h
Local:
Auditório da UNIMED
Endereço: Av. Santos Dumont, 860 – Londrina/PR
Entrada: gratuita
Classificação: livre

Dia: 21 de julho
Horário: às 20h30
Local:
Teatro Ouro Verde
Endereço: R. Maranhão, 85 – Londrina/PR
Entrada: R$30,00 (R$15,00 meia) + Taxa de serviços site DiskIngressos
Classificação: livre

Grupo de Referência de Franca – Camerata De Cordas Dedilhadas

O grupo foi criado em 2012 com a proposta de unir violão, cavaco e viola caipira. Partindo de um conceito ecologicamente sustentável, em 2013, a camerata foi escolhida para constituir a “Orquestra Verde” do Guri, com instrumentos da Oficina Escola de Lutheria da Amazônia (OELA), com madeira maciça certificada pela Forest Stewardship Council (FSC), organização criada para promover o manejo florestal responsável ao redor do mundo. A camerata já tocou ao lado de Ivan Vilela e Alessandro Penezzi. Em 2014, foi escolhida para integrar o espetáculo Lendas Amazônicas, apresentado em vários espaços e gravado em DVD.

Os Grupos de Referência são patrocinados pelas empresas: VALGROUP, Supermercados Tauste, Caterpillar e Catho.

Parceiros locais: Prefeitura Municipal de Franca, Jundiaí, São José do Rio Preto, Bauru,   Itaberá e Presidente Prudente.